fechar X
assine
Newsletter

Cadastre-se e receba todas as novidades



A acupuntura pode ser uma aliada no tratamento de doenças?

Publicado em 20 de Jul de 2016 por Kelly Miyazato |COMENTE

Consultamos um especialista para esclarecer se assim como no caso do alívio de dores e enfermidades, a acupuntura pode ser uma aliada no tratamento de doenças. Fique por dentro!



Descubra se a acupuntura pode ser uma aliada
no tratamento de doenças

Quando ouvimos falar a respeito da arte e ciência milenar, a acupuntura, considerada parte integrante da medicina chinesa, que se destaca além da fitoterapia, massoterapia, dietoterapia e os exercícios terapêuticos, realiza os estímulos dos pontos específicos do corpo, a partir da aplicação de agulhas, segundo Reginaldo de Carvalho Silva Filho, Fisioterapeuta, Acupuncture Doctor pela Universidade de Medicina Chinesa de Shandong, Vice Presidente do comitê de Câncer da WFCMS, China.


Reginaldo explica que os métodos são normalmente utilizados para que o profissional possa identificar os males e doenças que devem ser trabalhados durante o tratamento de acupuntura, de maneira personalizada, mediante às questões específicas e associações globais relacionadas ao paciente.


“A formação do acupunturista é fundamental para que o profissional esteja habilitado e seguro na hora de realizar o diagnóstico e as técnicas nos pacientes, que embora não haja contraindicações, é necessário saber tratar de cada caso de forma individualizada, ou seja, as aplicações devem ser evitadas em determinados pontos para alguns e estimulada em outros, de forma intensa, moderada ou mais suave. Para melhor exemplificar, é possível mencionar o Shonishin, acupuntura pediátrica japonesa. No caso das gestantes, alguns estudos científicos recentes sugerem que mesmo os pontos que eram descritos como proibidos durante a gravidez não seriam de fato proibidos, mas sempre cabe a ressalva e cuidados por se tratar de um período especial na vida da mulher”, acrescenta.

E se você quiser entender e aprimorar os conhecimentos, a Escola Brasileira de Medicina Chinesa oferce o curso de acupuntura com duração de 24 meses. É possível se matricular na próxima turma, que iniciará em 09 de Agosto de 2016, para a modalidade semanal, sendo duas vezes por semana, às terças e quintas feiras no período da manhã – das 9:00h às 12:00h, tarde – das 14:00h às 17:00h e noite – das 19:00h às 22:00h. Mas se preferir, pode optar pela opção de estudo intensivo, ou seja, um final de semana ao mês sendo das 9:00h às 17:00h aos sábados e domingos.  O início está previsto para 20 de agosto de 2016.

A entrega do TCC e o estágio de 500 horas são obrigatórios. Portanto, na hora de estagiar não há motivo para se preocupar, já que será possível concluir essa etapa no ambulatório da própria escola, que fica aberto de segunda a segunda, além de contar com horário flexível, sob supervisão de um professor, sem custos adicionais com materiais.

A escola possui um espaço de mais de 4.100 metros dedicados à Medicina Chinesa, com convênios e parcerias nacionais e internacionais, salas amplas, 2 auditórios multiuso, biblioteca especializada com mais de 2.500 títulos, salas de estudo com acesso a internet, sala de informática, centro de pesquisa, cafeteria.

*Para saber mais, acesse: http://bit.ly/29MwslZ































 

 


COMENTE