fechar X
assine
Newsletter

Cadastre-se e receba todas as novidades



É possível fazer exercícios com bolas em casa e sozinho?

Publicado em 28 de Dec de 2015 por Kelly Miyazato |COMENTE

Está com dúvidas na hora de praticar as atividades físicas em casa? Então, descubra já se é possível fazer exercícios com bolas em casa e sozinho



 

Saiba se é possível fazer exercícios com bolas
em casa e sozinho

Depende! Primeiro de tudo, é essencial buscar o acompanhamento e a liberação de um médico e de um professor de educação física. Thiago Fernandes, personal trainer, também não recomenda que idosos e pessoas com vertigem ou labirintite façam os exercícios sozinhos, “pois, ao desequilibrar o corpo, pode gerar desconforto e causar quedas”. A dica do preparador físico da Ziva Brasil é buscar uma introdução para entender corretamente os exercícios praticados com a bola, além de uma orientação sobre como utilizar o equipamento da forma correta. Ou seja: primeiro de tudo, busque um profissional quali­ficado para ensinar os exercícios. “Os principais cuidados devem envolver técnica de execução, intensidade do treino, local escolhido, material utilizado, respeito aos seus limites e orientação de fonte segura”, explica.

Tendo a certeza de que você pode fazer os exercícios, depois de aprender a fazer as posições corretamente, chega o momento de escolher um ambiente legal para utilizar o equipamento. Primeiro de tudo, é preciso ter um espaço de dois a três metros quadrados, proporcionando um ambiente confortável no momento da atividade.

Além disso, as bolas são feitas de borracha, um material aderente, então, a recomendação é não utilizar tapetes de treino e estar em um piso que proporcione uma boa aderência ao material. “Jardins são perfeitos para a prática, pois podem servir como amortecimento para eventuais quedas. Quando não temos um local aberto e com grama, podemos utilizar um local com um tapete normal de casa ou até um pequeno bloco de tatame. Cuidado com superfícies molhadas”, explica Kutianski.

Não se esqueça de fazer aquecimento (de cinco a dez minutos) antes de realizar as atividades, pois dessa forma o corpo ­ cará preparado para a prática sem correr riscos de desconfortos musculares.

 

*Por Mônica Miliatti | Fonte: Colégio Americano de Medicina do Esporte | Foto Shutterstock | Adaptação Kelly Miyazato.

 

Revista Vida Natural | Ed. 57

 

 

 

 


 


COMENTE